sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

VOCÊ CORRERIA DESCALÇO?


No último Domingo, 31 de janeiro de 2010, foi publicada uma reportagem no jornal O Globo que se intitulava: CORRIDA DESCALÇA TRAZ POLÊMICA PARA AS PISTAS. O referido estudo foi desenvolvido na Universidade de Harvard, divulgado pela revista NATURE, sob a coordenação de Daniel Lieberman, professor do Departamento de Biologia Evolutiva. O estudo analisou o desempenho biomecânico de corredores nos EUA e no Quênia e, por meio dele, descobriu-se que o atleta/desportista descalço tem a tendência de tocar o solo com a parte frontal do pé, chamado assim de pisada frontal. Para isto, foram filmados, tanto corredores de tênis, como descalços. O que motivou inicialmente os pesquisadores foi entender como os humanos, nossos antepassados, corriam antes dos tênis.
Resultados apresentados pelo estudo:
• A pisada frontal requer mais força na panturrilha e nos músculos dos pés, em contrapartida, oferece uma pisada mais “suave”, menos impactante.
• Consideram este tipo de pisada “mais natural”, na medida em que nossos antepassados corriam assim há dois milhões de anos.
• Consideram que em pisada frontal, o impacto é menor e, por isso, sugerem este tipo de pisada tanto para os que usam tênis, como para aqueles que correm descalços.
• Ressaltam, porém, que este estudo ainda precisa aprimorar os elementos clínicos, não abordados no referido estudo. Repercussões:
O tema já encontra uma série de adeptos pelo mundo. Muitos corredores, especialmente nos EUA, embora ainda como modismo, vem utilizando a corrida descalça ou com um mínimo de proteção (tênis minimalistas) como uma prática rotineira. Consideram que os tênis alteram a pisada e elevam os calcanhares, enfraquecendo ligamentos e tendões, causando lesões. Os tênis foram elaborados a partir da década de 70, para amortecer o calcanhar e minimizar o impacto no solo, estabilizando a pisada. A indústria de calçado, atenta a este filão de mercado, vem produzindo em alguma escala os tênis minimalistas.
Análise crítica do estudo:
Sem desconsiderar a importância do estudo, vejo como extremamente problemáticos os fundamentos que norteiam o mesmo. O estudo traça um modelo biomecânico da pisada frontal, entretanto não analisa as possíveis lesões que podem ser causadas por um esforço repetitivo, contínuo e sistemático com o apoio frontal do pé. Cito aqui, por exemplo, O NEUROMA DE MORTON (massa interdigital entre o 3º e 4º cabeça metatarsiana), as METATARSALGIAS (inflamação das cabeças metatarsianas na região anterior do pé), as SESAMOIDITES (dor na cabeça do 2º metatarsiano), o HÁLUX VALGUS (joanete), podendo ainda, causar FRATURA POR AVULSÃO DA CABEÇA DO 5º METATARSO. Estas lesões que levanto como possíveis e prováveis, quando se correm descalços ou com menor proteção, devem ser investigadas e observadas em estudo complementar que apontem para estas questões. Do ponto de visto clínico, afirmo que o USO DO TÊNIS TEM SE MOSTRADO EXTREMAMENTE EFICAZ, quando utilizado, observando a pisada do corredor e correlacionando com seu histórico de lesões e biotipo. Com isso, reitero, a partir de experiências e vivências clínicas com as lesões, que USAR TÊNIS É MAIS SEGURO E COMPROMETE MUITO MENOS MÚSCULOS, ARTICULAÇÕES, TENDÕES, OSSOS E LIGAMENTOS, além obviamente, de estabilizar a pisada. Lembro que pronação e supinação são movimentos fisiológicos da articulação subtalar (abaixo do tornozelo), e que o excesso de pronação e supinação levará o atleta/desportista ao desenvolvimento das inúmeras lesões bem documentadas nos registros científicos. Usar um bom tênis ainda é a melhor solução, especialmente, para iniciantes, pessoas com sobrepeso, com histórico de lesões acumuladas, etc. Outra análise importante que coloco em questão sobre a pisada frontal ou com os calcanhares é sobre a biomecânica do movimento em função da prova de que o atleta participa. Por exemplo, imaginem Usian Bolt, recordista mundial dos 100m rasos no atletismo, correndo com pisada nos calcanhares. Perderia eficiência biomecânica e, consequentemente, teria de escolher outra prova. Imaginem um maratonista correndo 42 km em pisada frontal. Seu gasto energético seria muito maior e, provavelmente, não conseguiria terminar a prova. Ou seja, pisar de forma frontal ou nos calcanhares tem mais relação com eficiência biomecânica de atletas em função de provas específicas do que relação com a prevenção ou minimização de lesões. Deve-se lembrar, inclusive, que os hominídeos corriam em pisada frontal, na maioria das vezes, por estarem em velocidade (assim se justifica pisada frontal), correndo atrás das presas e, também, pelo deslocamento do seu centro de gravidade mais anterior em função da anatomia específica do crânio, ossos do quadril e coluna vertebral, que impedia um posicionamento mais adequado sobre os calcanhares. À medida que avança, a evolução das espécies, a um maior equilíbrio do centro de gravidade, em função, principalmente, da coluna vertebral mais ereta e, com isso, o calcanhar passa a fazer o contato inicial do pé no solo durante a marcha e a corrida. Outro aspecto que deve ser considerado é o efeito abrasivo do solo. Imaginem no calor escaldante que faz no verão, corrermos sem proteção alguma nos pés. Bolhas, calosidades, ulcerações e queimaduras certamente estarão presentes, além de um bom tempo inativo cuidando das feridas. Lembro também, que na grande maioria dos tênis, a sola é constituída de carbono, que minimiza exatamente o efeito abrasivo do solo, evitando as referidas lesões descritas anteriormente.


Conclusões e encaminhamentos:
Concordando com o estudo da Universidade de Harvard, correr descalço fortalece os músculos das pernas e, sendo assim, recomendo CORRER EM AREIA, com critério, pelo menos uma a duas vezes na semana, em trabalhos de condicionamento específico, onde sem um impacto contínuo e repetitivo, obtém-se melhoria significativa da força e resistência. Ao correr no asfalto, terra batida, ou mesmo grama, prefira USAR O TÊNIS. É MAIS SEGURO, pois evitam-se as lesões, protege-se contra as abrasões do solo, bem como contra possíveis ferimentos causados por objetos estranhos no solo. É mais ECONÔMICO, pois impede que o atleta/desportista visite frequentemente consultórios médicos e de fisioterapia, para cuidar das lesões causadas pelo esforço repetitivo e sobrecarga. E AÍ, VOCÊ AINDA CORRERIA DESCALÇO? A escolha é sua!

video

49 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. correr descalço pode fazer bem aos musculos e tendões mas recomenda-se correr descalço na areia.

    joão lucas
    juliana f.
    thamyres borges
    yuri p.

    ResponderExcluir
  3. Ao meu ver, o fato de correr de tênis ou descalço,depende de vários fatores,como por exemplo o solo, considerando o calor do Rio de Janeiro,seria um tanto quanto prejudicial correr descalço no asfalto.Podemos considerar também os objetos no solo, que podem prejudicar umaboa corrida, é recomendado correr descalço em areia por exemplo.

    Júlia Furtado
    2E
    18

    ResponderExcluir
  4. Achei muito interessante o tema abordado no texto , acredito que a CORRIDA DESCALÇA oferece seus bonus e onus .Pude ver que o texto oferece um estudo biomecânico da pisada frontal, porem não analisa as lesões que consequentemente podem aparecer.Com isso cheguei a conclusao de que o tenis exerce um papel menos prejudicial do que a corrida descalça e que assim é mais seguro pois nos previne das indesejáveis lesões.Por isso não correria sem tênis.
    Paloma da Rocha Fernandes

    ResponderExcluir
  5. Oliver - 3a -n30
    Bruno - 3e -n08
    Luanda - 3e -n30

    Bom, essa matéria é muito interessante!
    gostamos muito do blog e visitaremos muito. Sobre a matéria achamos muito interessante, e com certeza levaremos esse ensinamento pro resto da vida. Pensaremos bem antes de correr descalco !

    (Bu, Luh e Livinho).

    ResponderExcluir
  6. Corre descalço , pode fazer bem para musculatura da perna,mas é recomendavel que se corra descalço na area,para nao nos ocasionar nenhuma lesao.

    Diego e Lahis

    ResponderExcluir
  7. Na minha opinião,correr descalço é perigoso,uma vez que pode causar sérias lesões.Não importa o terreno onde vou praticar a corrida,o melhor é continuar usando o tênis,é bem mais seguro.

    De:Maiana Silva e Elton Carlos
    Turma:3ªE

    ResponderExcluir
  8. Correr ou praticar esportes descalço não é o mais recomendado, apesar desse trazer benefícios. Acho importante fazer exercícios como esses fazendo uso do tênis, pois esse protege seu usuário de lesões eoutros.
    A opinião dos estudantes de Harvard, está certa, visto que correr descalço fortalece músculos. Mas ainda sim, nada como manter a saúde de uma parte importante de seu corpo intacta.
    Fernanda Valle, 14 - 3B.

    ResponderExcluir
  9. EU NÃO CORRERIA SEM TÉNIS POR QUE PODE SER PREJUDICIAL A SAÚDE DOS PÉS.

    ResponderExcluir
  10. correr de pè no chão pode causa serias doencas

    ResponderExcluir
  11. Na minha opinião correr descalço tràs suas implicações , mas pra melhores tentativas è não correr descalço ..
    Apesar de correr descalço na areia è o recomendado , por isso eu não andaria descalços..

    ResponderExcluir
  12. Como podemos correr descalço numa época de cidades com asfaltos quentes!!
    De 2 milhões pra cá muita coisa evoluiu como o clima e a tecnológia!!
    Tênis é o mais Correto!

    N:17 - 3C

    ResponderExcluir
  13. Na minha opinião correr descalço é uma atitude inconsequente que rende frutos no futuro para quem o faz . Ou até acidentes podem acontecer acidentes .

    Arthur Henrique 2ºC nº3

    ResponderExcluir
  14. Correr descalço tem suas vantagens e desvantagens no meu ponto de vista pois faz bem para os músculos mais ao mesmo tempo causa lesões nos pés por causa do calor do sol e obstáculos que muitas vezes encontramos nas pistas. Eu não correria descalça a não ser se fosse na areia que é o mais recomendado!

    Rayane Venâncio
    1b

    ResponderExcluir
  15. Eh isso ai... correr descalço da problema no pe... (n 27 2C)

    ResponderExcluir
  16. Nós não andaríamos descalças porque isso poderia ocasionar em sérias lesões ao longo do nosso corpo. A alternativa seria uma corrida rápida na areia da praia, já que é importante para o fortalecimento dos músculos. Mas ainda assim, optamos por não correr descalças para que não haja nenhum comprometimento a saúde de nossos pés.

    Bruna Helena 3ªC - Kamylla Iorio e Juliana Sales 2ªC

    ResponderExcluir
  17. Antes de ler essa matéria eu até correria descalço, mas, eu também não sabia dos problemas que se pode ter nos pés ao correr descalça!!!

    Nome: Ana Elizabeth S. de Freitas 1B

    ResponderExcluir
  18. Nao correria descalço pois nao faz bem para as articulaçoes e além de tudo existe tenis que é o melhor e o mais correto meio para correr
    thatyana2°c

    ResponderExcluir
  19. Náo acho que seja recomendável correr descalço, por questão de conforto, é fácil falar para correr descalço para quem mora na Inglaterra (Harward), mas levando em conta que moramos em um país tropical acho péssima a ideia.. e pode causar problemas mais sérios como doenças por bactérias e afins.

    ResponderExcluir
  20. Praticar corrida sem sapatos ira te proporcionar mais movimento, mas te trará sérios problemas .

    nome:larissa calheiros n46 1b

    ResponderExcluir
  21. Correr de tênis é muito bom, pois aminiza o impacto do pé no solo,diminui as lesões e ;e mais seguro.
    Correr descalço é extremamente prejudicial ao pé.

    Aluna: Raphaela Santos de Farias 1B

    ResponderExcluir
  22. correr descalço traz muitas doenças para o nosso corpo,podemos nos machucar pisando em cacos de vidro e outrs coisas a mais

    ResponderExcluir
  23. Não correriamos descalças,pois trazem consequências ruins a nossa saúde.Temos sempre que correr com tênis para amenizar o impacto do pé no solo,evitar lesões e estar com nossos pés em segurança.
    Marcelo,queriamos te parabenizar pelo blog,está excelente!

    Nomes:Michelle Tork Nº31
    Rayane Barra Nº37
    Turma:1ºA

    ResponderExcluir
  24. Corre descalço não é bom para as articulações, e o tÊnis é o geito mais correto para correr !


    Douglas 1ºA do Ensino Médio

    ResponderExcluir
  25. Correr descalço pode trazer alguns bonus, porem pode acarretar problemas no futuro .
    Mas observamos, que correndo com tenis pode ser menos prejudicial a saude.
    Eduardo n-13 - 1C
    Luana n-25 - 1A
    Pedro n-39 - 1E

    ResponderExcluir
  26. Na minha opnião não seria ruim correr descalço,preferencialmente concordo em praticar corridas com calçados...Isso evitaria doenças machucados lesões e etc.

    ResponderExcluir
  27. O tema abordado é muito interessante pois muitas pessoas gostam de correr descalço em certas superficies. Nós por exemplo preferimos correr descalças na areia mais no asfalto émelhor usar tenis.
    Rayanne 1c
    Stefany 1C
    Bruna G. 1C

    ResponderExcluir
  28. após ler o conteudo do texto, pude copreender que o uso de tenis em uma corrida seria o meio mais seguro e confortavél de se realizar essa atividade física.alem de proteger nossos pés dos obstáculos do solo como nivelamento,o chao quente e etc... o uso do tenis minimiza os riscos de sofrermos lesoes no musculo , osos e etc...

    julio cesar brito silva n23 turma 1e

    ResponderExcluir
  29. Na minha opnião e que corre descalço fortalece os músculos das pernas e, sendo assim, recomendo CORRER EM AREIA, com critério, pelo menos uma a duas vezes na semana
    MAS traz muitas doenças para o nosso corpo *-*

    Gustavo 1E numero 18 (:

    ResponderExcluir
  30. A melhor escolha é o tênis, pois evita lesôes, e além de comprometer menos articulações, musculos, ossos, etc.

    Lewis nº 27
    Paulo nº 38

    1º Ano E

    ResponderExcluir
  31. correr de tênis pode ter suas vantagens em alguns tipos de solos como asfalto,areia batidae outros.correr sem tênis pode prejudicar algumas partes como os pes,coluna.Os fatos em prol do tênis sao muito mais convicentes do que descaco (nao tem cecidilha no teclado). CARLOS E DANIEL

    ResponderExcluir
  32. Correr de tênis é mais confortável e a pessoa não corre riscos de ter bolhas, calosidades, ulcerações e queimaduras.Porém, algumas pessoas acham que correr sem tênis faz bem porque estâo pisando com a parte da frentedo pé, fazendo um esforço menor, outras pessoas acham que correr com o tênis faz bem porque pisam com a parte de trás do pé, fazendo com que os músculos do pé fiquem normais.

    Fábio Nº14 1ªE
    Antônio Carlos Nº5 1ºC

    ResponderExcluir
  33. O fato é o seguinte correr descalço tem sim um melhor desempenho porém, pode causar lesão graves como: O NEUROMA DE MORTON, METATARSALGIAS entre outras ou até mesmo perfurar o pé com alguma coisa ponteaguda no chão ou até mesmo iregularidades.E o uso do tênis é sim melhor e mais confiável podendo causar menos problemas nos pés
    Lucas Pacheco 1-e N:28
    Nathalia andressa 1-a N:32

    ResponderExcluir
  34. Só correria de tênis, pois mesmo os estudos julgando a pisada frontal mais natural, o uso do tênis é muito importante para proteger os pés de sérias lesões que assim podem ser evitadas.

    ResponderExcluir
  35. Correr descalço ou com tenis , tem lá suas vantagens e desvantagens.Acredita-se que nossos antepassados, corriam descalços para caçar , no entanto já está provado que pode causar lesões e rompimentos. Atualmente , os tênis estao muito mais modernos , portanto , causam muito menos impacto, principalmente os especializados em corridas. É muito mais seguro , e confortável.Correr descalço apenas na areia para fortalecer os musculos da perna , caso contrário , o tênis é a melhor opção.

    ResponderExcluir
  36. É interessante como correr descalço pode ajudar a fortalecer a musculação, mas nã sei se seria capaz de correr descalça no asfalto ao meio dia, fora esse motivo eu não vejo prblema e correr sem tênis, mas, é claro, prefiro o bom e velho tênis! XD

    ResponderExcluir
  37. Na minha apiniao correr sem tênis è prejudicial à saùde,porque provoca lesões e não ajuda num bom rendimento fìsico.Usar tênis è fundamental para uma boa atividade fìsica,estabilidade e conforto.

    veronica 2 D

    ResponderExcluir
  38. A corrida com tênis é uma maneira de evitar problemas futuros e é uma forma de proteger os pés, mas correr sem o tênis é uma maneira de prejudicar a si mesmo e acelerar problemas posteriores. Tendo em vista este texto acho uma boa forma de também previnir a minha saúde.

    ResponderExcluir
  39. Não correria descalço,pois é prejudicial a coluna e muitas outras coisas,como diz o proprio texto você pode ter queimaduras nos pés e lesões musculares.
    É bom correr descalço mais em lugares macios como praia, porque você pode com esse ato fortalecer os músculos !

    ResponderExcluir
  40. Depende do lugar , pois correndo descalco em lugares como gramados , concretos e etc. Pode prejudicar os pés pisando em objetos como vidros e entre outros. Deve - se correr descalcos apenas em areia e etc. E correr descalco é Bom para os musculos e também tira as pressões do calcanhar !

    ResponderExcluir
  41. Na minha opinião correr descalso não é muito bom dependendo de onde se corre como por exemplo correr na praia é bom e descalso além de fazer muito bem a saúde, agora correr no asfalsto não é muito bom pode ocorrer de você pisar em algo que pode lhe trazer problemas.

    ResponderExcluir
  42. é recomendado correr descalço em areias ja em asfalto é aconselhavel tenis

    \Juliana Carvalho e Gisele Rosa .. 2A

    ResponderExcluir
  43. Marcim [InM] e Andrezza 2A

    correr descalco é prejudicial para o calcanhar podendo causar lezões e é prejudicial aos musculos.

    ResponderExcluir
  44. Correr descalco so e benefico quando e em terrenos nao muito duros, se for no asfalto e melhor correr de tenis, pois se correr descalco, pode ocorrer lesoes nos tendoes dos pes. Mas no geral e melhor correr de tenis

    Nicole M. numero 32 turma 2A EM

    ResponderExcluir
  45. Percebemos, que correr descalço recebemos menos impacto, forçando mais a panturrilha e a parte frontal do pé. Em compensação, os dedos são prejudicados.
    Já com o tênis, a pressão vai diretamente ao calcanhar, já que a pisada "traseira", prejudicando, os tendões, joelhos, ligamentos e o próprio calcanhar.

    ResponderExcluir
  46. Adriene Gomes 2ªA/E.M

    Não correria descalço em asfaltos por exemplo, mas correria descalço na areia da praia. Em outros tipos de locais, colocaria um tênis apropriado.

    ResponderExcluir
  47. Bruna - 07
    Amanda Maria - 03

    2ªA

    Chegamos a conclusão que correr descalço tem suas vantagens apenas em certos solos, como por exemplo a areia que tende a abosrver o impacto. Porém, correr descalço pode levar o individuo a desenvolver diversas lesões, por isso é mais aconselhado correr de tênis em asfalto.

    ResponderExcluir
  48. eu naum correria descalça não só se fosse como disse no texto numa praia ,mas naum correria descalça na rua ainda mais porque pode haver objetos cortantes na rua.Prefiro mesmo com um calçado é mais seguro.
    Érika De Moura N°:10 t°:E

    ResponderExcluir
  49. Isso brasileiros, continuem com seus preconceitos. Não se trata de correr descalço ou não. Mas sim do tipo de pisada: calcanhar ou parte da frente do pé. A técnica e o método de corrida é o mais importante e é o que fisioterapeutas, médicos e professores de educação física brasileiros desconhecem totalmente. São analfabetos científicos e não acompanham as últimas publicações sobre o assunto, trabalham (e mal) com o que aprenderam na faculdade (pesquisas dos anos 60 e 70). Pra quem fez escolinha de inglês (nota-se o baixo nível de entendimento do assunto dos comentaristas neste post):

    Forefoot striking has been shown to reduce vertical impact peak (many studies, Lieberman et al., 2010 is a recent example) and vertical impact loading rate (Oakley and Pratt, 1988; Williams et al., 2000) relative to heel striking. Data showing no difference between forefoot and rearfoot impact loading rate is out there (e.g., Laughton et al., 2003), but data are limited that involve people well acclimated to multiple landing types. Data on loading rates are sometimes difficult to interpret if runners are not acclimated to a barefoot running style – for example, De Wit et al., 2000 showed dramatically increased vertical loading rate in barefoot runners compared to shod runners, but their barefoot runners were heel striking. One would fully expect a barefoot heel strike to exhibit a higher loading rate since little cushion other than the heel fat pad is present to slow down force application. Lieberman et al., 2010 showed that habitually barefoot runners overwhelmingly land on the forefoot, which suggests caution when interpreting studies of barefoot heel strikers (who were probably unaccustomed to running barefoot).

    Mais em: http://www.runblogger.com/2011/02/new-trends-in-prevention-and-treatment.html

    Mas é claro! Continuem a correr de forma errada e o Sr. Fisioterapeuta terá muito trabalho $$ a fazer.

    Pra quem quer aprender a correr de forma biomecanica mente eficiente, dê uma olha no Pose Method of Running: http://www.posetech.com/pose_method/

    ResponderExcluir